004 – Qualquer ERP pode ser utilizado em qualquer tipo de empresa ?

Os ERPs foram inicialmente idealizados para atender a empresas industriais realizando a automação da fabricação de produtos de maneira interligada com todas as áreas de apoio. Com o tempo, a forte demanda de mercado fez com que os ERPs se modernizassem e passassem a atender empresas como auto peças, cadeias de restaurantes, hospitais, clínicas, planos de saúde, escolas, call centers, transportadoras, construtoras, produtoras agrícolas, de controle ambiental, locadoras, hotéis, bancos, consultorias, assistências técnicas, varejistas, traddings, distribuidoras, de publicidade, de aviação, enfim, hoje um ERP tem a pretensão de atender empresas industriais, prestadoras de serviço ou do comércio, públicas ou privadas, qualquer tipo de empresa em qualquer lugar do mundo.

No mercado brasileiro são comercializados ERPs nacionais e estrangeiros com a maturidade necessária para atender a maior parte das necessidades das empresas.

Quando ERPs são distribuídos para outros países, módulos que envolvem legislação ou necessidades específicas precisam ser ajustados. Nestes casos os fabricantes de ERP realizam o que se chama de localização. Por exemplo, se um ERP foi fabricado na Índia, certamente está adequado as leis fiscais, contábeis e trabalhistas daquele país. Para que possa ser utilizado no Brasil, precisará ser adaptado, ou seja, o fabricante deverá fornecer programas adicionais ou uma versão modificada do programa original. Existem também fabricantes de ERPs que optam por integrar soluções prontas de terceiros ao invés de desenvolver a localização. Neste caso teremos a utilização de dois sistemas distintos (um nacional e outro estrangeiro) e o esforço do fabricante fica focado na integração da solução “externa” aos demais módulos do ERP. Em ambos os casos é fundamental que a empresa que pretende adquirir o ERP tenha certeza que a solução oferecida atende aos requisitos legais e que os principais requisitos de integração estão sendo atendidos. Em geral as dificuldades aparecem nos primeiros anos em que os ERPs são comercializados em países diferentes do de origem.

Um pequeno comércio não tem condições financeiras e nem encontrará uma boa relação custo x benefício para aquisição de um ERP. Para estas, existem sistemas de pequeno porte que podem ser comprados na prateleira de uma boa loja de informática. Sistemas ERPs são soluções com maior robustez, segurança, abrangência e complexidade. Pode-se dizer que alguns fabricantes de ERPs posicionam-se no mercado focando empresas de grande porte. Outros com uma participação mais efetiva em médias e pequenas empresas. Fazem isso através de sua política comercial, apresentando soluções e preços mais adequadas ao porte das empresas que desejam atender.

Certamente nenhuma empresa é igual a outra. Mesmo que duas empresas fabriquem produtos semelhantes e tenham um mesmo público alvo, é bem provável que possuam diferenças substanciais em seus processos. Para que um ERP possa atender a qualquer tipo de empresa, os fabricantes desenvolveram poderosos recursos de configuração. Também chamada de parametrização, esta configuração vai definir o comportamento do ERP de acordo com as necessidades da empresa. A parametrização pode definir por exemplo, o tipo de tela, o número de casas decimais, a forma como a integração entre módulos vai funcionar, qual será o servidor de e-mails, ou seja, todas as questões que variam de empresa para empresa, desde questões puramente técnicas até a mudança no fluxo de processos.

Mesmo com todos estes recursos não é incomum que um ERP não possua funcionalidades que sua empresa considera fundamentais. Neste caso o fabricante poderá desenvolver rotinas personalizadas, também chamadas de customizações, que modificam o funcionamento original do sistema ou que adicionam essas funcionalidades ao ERP. O ideal é que todas suas necessidades sejam atendidas pelas funcionalidades padrão do sistema. Customizar terá um custo adicional na aquisição, na manutenção e de suporte, que pode e deve ser evitado sempre que possível.

Ao decidirem adquirir um ERP as empresas devem conhecer as várias soluções existentes no mercado e, na medida do possível, ter certeza de quais funcionalidades tem aderência as suas necessidades e quais não tem.

O fundamental é que você saiba que ao implantar um ERP estará melhorando seu negócio, através de uma parceria com o fabricante do sistema. O mau funcionamento deste sistema poderá parar a operação da sua empresa e até impedir que você realize vendas. Então além da escolha criteriosa do produto, a definição do parceiro será fundamental para o sucesso do investimento.

Este site já teve StatCount - Traffic counter acessos.

Não deixe de avaliar este artigo nas estrelas abaixo. Seu voto é muito importante !

Uma resposta to “004 – Qualquer ERP pode ser utilizado em qualquer tipo de empresa ?”

  1. Monique Paula Dias (@Monique_Diaas) Says:

    Me ajudou muito , exatamente o que eu procurava!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: